terça-feira, 13 de março de 2012

Saia de cós alto.




A saia cintura alta e marcada vem conquistando seu espaço e muitas pessoas já aderiram ao estilo. Ela valoriza as formas do corpo e deixa o look extremamente feminino. Além de valorizar as formas femininas e dar um charme especial ao visual, a cintura marcada, pode ajudar a disfarçar as temidas gordurinhas extras. Para evidenciar a cintura, podemos usar cintos, tanto finos quanto largos, faixas amarradas ou até mesmo optar por modelos que já venham com um laço, cinto ou recorte que marque essa região do corpo.
A cintura alta dá um ar mais elegante do que a cintura baixa. Alonga as pernas, acentua as curvas, ajusta a silhueta. Quem é magrinha usa com facilidade, quem não é magrinha, na hora de escolher a saia procure justamente aquelas com cós mais alto, porque eles escondem a barriga. Os modelos drapeados também são uma boa pedida: eles desviam o olhar da flacidez. Mulheres com gordura localizada na região da barriga devem evitar as mais justas, estilo saia-lápis, dando preferência aos modelos mais abertos.
Curta, compridinha, justa, solta, de algodão, de tafetá, com modelagem drapeada, com modelagem godê, lisa, estampada… Tem zilhões de possibilidades que podem ser combinadas de diversas formas.
1. O balonê é o preferido das meninas. Mais delicado, franzido e abalonado, aumenta o volume do quadril, o que é ótimo para as magras que querem ganhar mais curvas. Abuse dos tecidos estampados e coloridos que ajudam a criar a ilusão de volume na região.

2. A saia evasê é tradicional e elegante, próprio para quem tem o quadril mais largo. O modelo começa ajustado ao corpo e termina abrindo na altura dos joelhos, isso ajuda a disfarçar as medidas e suavizar as curvas. As mulheres acima do peso devem evitar os modelos com pregas e um pouco mais retos para não criar volumes visuais. Prefira os modelos mais compridos, e se as coxas forem muito grossas, escolher os estilos mais próximos aos joelhos e um salto alto.

3. A saia lápis ( onhecida também como longuete) é perfeita para as altas e magras, pois seu corte é reto e ajustado ao corpo. Afunilada até a coxa, ela geralmente é associada a uma produção mais formal, e por isso forma uma boa dupla com blusas de tecidos mais sofisticados. Tops estilo corselet entram na combinação para dar um toque sexy, enquanto a camisa jeans deixa o look mais descontraído. As baixinhas devem tomar cuidado com esse modelo para não ficarem “achatadas” e, por isso mesmo, um bom salto é o complemento indispensável!
4. A saia godê dá equilíbrio para a silhueta, criando certo volume na parte inferior do corpo, o que é uma ótima opção para mulheres que possuem os ombros largos e quadril estreito. Por ser uma saia mais solta, pode ser usada por quem possui as coxas grossas e o quadril largo. Ela disfarça as medidas maiores. Mas cuidado! O modelo não pode ser muito volumoso, porque aí o efeito será contrário. Mais curtinha ou apenas um pouco acima do joelho, o modelo rodado é garantia de uma produção bem elegante, ainda que básica. Combine com sapatilhas para um look clássico, ou sandálias abotinadas para uma produção mais moderna.

5. O modelo bandage é lindo e fica ótimo para as magrinhas, pois ajuda a marcar o corpo. Se a saia for muito curta, use uma blusa que não seja decotada demais. Para quem gosta, encremente o look com uma meia-calça. Fica lindo! Ele é o modelo fashion da vez. Feita com um tecido elástico, ela fica super justa e, por isso, só é indicada para quem está em forma. Quem tem bumbum e coxa grande pode usar, mas aí é legal equilibrar a sensualidade com uma blusa mais básica e soltinha. Combinar com salto também é uma boa, já que alonga a silhueta e evita aquele efeito “achatado. Para as meninas mais cheinhas, cuidado novamente. Como elas marcam muito o corpo, acabam mostrando aquelas gordurinhas indesejadas e quem tem pernas muito grossas acaba ficando vulgar. Opte por modelos godê ou evasê.






COMO USAR
Apr 5, 2011Susi12 Comments
Dica de Moda: Como usar saia de cintura alta corretamente
Não Esqueça de Compartilhar

A saia cintura alta e marcada vem conquistando seu espaço e muitas pessoas já aderiram ao estilo. Ela valoriza as formas do corpo e deixa o look extremamente feminino. Além de valorizar as formas femininas e dar um charme especial ao visual, a cintura marcada, pode ajudar a disfarçar as temidas gordurinhas extras. Para evidenciar a cintura, podemos usar cintos, tanto finos quanto largos, faixas amarradas ou até mesmo optar por modelos que já venham com um laço, cinto ou recorte que marque essa região do corpo.



A cintura alta dá um ar mais elegante do que a cintura baixa. Alonga as pernas, acentua as curvas, ajusta a silhueta. Quem é magrinha usa com facilidade, quem não é magrinha, na hora de escolher a saia procure justamente aquelas com cós mais alto, porque eles escondem a barriga. Os modelos drapeados também são uma boa pedida: eles desviam o olhar da flacidez. Mulheres com gordura localizada na região da barriga devem evitar as mais justas, estilo saia-lápis, dando preferência aos modelos mais abertos.



Curta, compridinha, justa, solta, de algodão, de tafetá, com modelagem drapeada, com modelagem godê, lisa, estampada… Tem zilhões de possibilidades que podem ser combinadas de diversas formas.



1. O balonê é o preferido das meninas. Mais delicado, franzido e abalonado, aumenta o volume do quadril, o que é ótimo para as magras que querem ganhar mais curvas. Abuse dos tecidos estampados e coloridos que ajudam a criar a ilusão de volume na região.

2. A saia evasê é tradicional e elegante, próprio para quem tem o quadril mais largo. O modelo começa ajustado ao corpo e termina abrindo na altura dos joelhos, isso ajuda a disfarçar as medidas e suavizar as curvas. As mulheres acima do peso devem evitar os modelos com pregas e um pouco mais retos para não criar volumes visuais. Prefira os modelos mais compridos, e se as coxas forem muito grossas, escolher os estilos mais próximos aos joelhos e um salto alto.

3. A saia lápis ( onhecida também como longuete) é perfeita para as altas e magras, pois seu corte é reto e ajustado ao corpo. Afunilada até a coxa, ela geralmente é associada a uma produção mais formal, e por isso forma uma boa dupla com blusas de tecidos mais sofisticados. Tops estilo corselet entram na combinação para dar um toque sexy, enquanto a camisa jeans deixa o look mais descontraído. As baixinhas devem tomar cuidado com esse modelo para não ficarem “achatadas” e, por isso mesmo, um bom salto é o complemento indispensável!



4. A saia godê dá equilíbrio para a silhueta, criando certo volume na parte inferior do corpo, o que é uma ótima opção para mulheres que possuem os ombros largos e quadril estreito. Por ser uma saia mais solta, pode ser usada por quem possui as coxas grossas e o quadril largo. Ela disfarça as medidas maiores. Mas cuidado! O modelo não pode ser muito volumoso, porque aí o efeito será contrário. Mais curtinha ou apenas um pouco acima do joelho, o modelo rodado é garantia de uma produção bem elegante, ainda que básica. Combine com sapatilhas para um look clássico, ou sandálias abotinadas para uma produção mais moderna.

5. O modelo bandage é lindo e fica ótimo para as magrinhas, pois ajuda a marcar o corpo. Se a saia for muito curta, use uma blusa que não seja decotada demais. Para quem gosta, encremente o look com uma meia-calça. Fica lindo! Ele é o modelo fashion da vez. Feita com um tecido elástico, ela fica super justa e, por isso, só é indicada para quem está em forma. Quem tem bumbum e coxa grande pode usar, mas aí é legal equilibrar a sensualidade com uma blusa mais básica e soltinha. Combinar com salto também é uma boa, já que alonga a silhueta e evita aquele efeito “achatado. Para as meninas mais cheinhas, cuidado novamente. Como elas marcam muito o corpo, acabam mostrando aquelas gordurinhas indesejadas e quem tem pernas muito grossas acaba ficando vulgar. Opte por modelos godê ou evasê.



6. A saia com babados é um ótimo modelo para quem tem pouco quadril, mas, dependendo da saia, também funciona em quem já tem bumbum grande. O legal é deixar o destaque da produção para os babados: combine com blusas neutras e varie nos acessórios para deixar com a cara do seu estilo.

7. A saia com estampa floral deixa a peça ainda mais feminina! Combine com blusas sequinhas e aposte em botas mais pesadas para quebrar a delicadeza de tecidos mais leves; rasteirinhas combinam com um look relax, enquanto sandálias de salto e ankle boots deixam a produção pronta para a balada!

8. A saia com tecido brilhante traz um ar de sofisticação, e, em modelos com paetês ou tecido metalizado, você pode ficar perfeita para encarar qualquer festa! Para uma produção hi-lo (estilo que combina peças sofisticadas a outras mais básicas), jogue com uma blusa branca “podrinha”. Mas, se a ocasião pede um look mais chique, aposte em blusas de tecidos como o cetim e modelagens mais delicadas, como o decote coração.

9. A saia reta é super versátil. O modelo vai da balada ao dia-a-dia. Por isso mesmo, é o ideal para combinar com cintos marcando a cintura e blusas coloridas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário